Eu não estou OK com esperar até 2021 pela segunda temporada de “I’m not ok with this”.

“I am not OK with this” é dos mesmos criadores de “Stranger Things”. Isso significa que… coisas estranhas obviamente estão para acontecer e que eu não pude assistir essa série com as crianças na sala…

Eu adorei a personalidade da Syd, a personagem principal, interpretada pela Sophia Lillis – uma criancinha linda de 18 aninhos! Eu sei que eu assisti “Para todos os garotos que amei” *algumas* vezes, mas a personalidade menininha-e-alegre-demais da Lara Jane não condiz com a realidade das pessoas com as quais eu consigo conviver em harmonia no mundo real. Ou talvez sim, né, Jojô?

Eu não vou contar a historia da série. Para isso, eu confio em pessoas como a Claicy. ( https://saidaminhalente.com/i-am-not-okay-with-this-uma-serie/ ). Mas eu PRECISO falar sobre essa direção de fotografia!

iamnotokwiththis0

Enquanto eu assistir a série, eu sentia um desespero por pausar o vídeo em várias cenas e depois fazer alguma coisa extrema, tipo cobrir as paredes do meu quarto com elas…

O que acontece dentro do meu cérebro quando eu vejo essas cenas, é uma grande sensação de conforto – semelhante a estar perto de uma lareira com uma xícara de café na mão no inverno do Rio Grande do Sul…- e isso acontece provavelmente por causa do aumento dos tons de vermelho nas cenas. Os tons de terra deixam a cena quente.

Olha a diferença da sensação quando eu diminuo a saturação

iamnotokwiththistons

É bem o contrário do filtro de “Twilight”, onde os vampiros são seres frios e eles querem nos passar essa ideia.

Outra coisa que me perturba é um certo bullying que acontece em relação à Syd, dando a entender que ela é feia. Com o fenômeno das Kardashians pelo mundo, parece que todo mundo tem obrigação de seguir o padrão de beleza delas (assim como foi com a Marilyn Monroe lá em 1950) e isso me sobe o sangue…

iamnotokwiththis

Eu pesquisei no google e parece que a série se passa na realidade, no futuro. Eu acho que vamos ter mais respostas na próxima temporada porque eu vejo referências dos anos 80 por toda parte.

De repente é tipo Riverdale que está absolutamente perdida no espaço e tempo!

Assistam porque eu gostei (hahaha)!